Como pedir auxílio-doença em 2023?

De início é importante mencionar que o INSS faz alterações regulares no sistema de requerimento, de modo que de um ano para o outro o modo como é feito o requerimento pode mudar totalmente.

Nesse post vamos te informar como requerer o auxílio-doença em 2023. Se tiver alguma dúvida, basta entrar em contato conosco pelo botão do whatsapp ao lado.

Quem pode pedir o auxílio-doença?

O auxílio-doença é pago somente para quem está contribuindo com o INSS, quem está empregado (tem carteira assinada) ou para quem está no período de graça.

Para ter direito ao auxílio-doença o segurado precisa ter três coisas: qualidade de segurado, carência e incapacidade laborativa.

É possível obter a qualidade de segurado a partir do primeiro pagamento em dia. Isso vale para quem é MEI, autônomo ou facultativo.

O número mínimo de contribuições – a carência – para ter direito o auxílio-doença são 12 para quem está no prímeiro vínculo e apenas 6 para que recuperou a qualidade de segurado.

Isso se dá porque quem recupera a qualidade de segurado paga apenas a metade do número de contribuições para obter a carência.

Já a incapacidade laborativa é aquela que gere o afastamento para o trabalho. Quem tem carteira assinada precisa estar afastado por mais de 15 dias do trabalho para ter direito ao auxílio-doença.

E quem é autônomo, MEI ou contribuinte facultativo receberá a partir de quando comprovar estar incapaz para o trabalho.

Quais documentos são necessários para pedir o auxílio-doença?

Para pedir o auxílio-doença, você precisará dos seguintes documentos:

  1. RG;
  2. Laudo médico recente (menos de 90 dias);
  3. Se tiver carteira assinada, do CNPJ da empresa onde trabalha;
  4. Do último dia trabalhado;
  5. Data provável de retorno ao trabalho;
  6. CEP da sua residência.
Veja também  Auxílio-doença do MEI em 2023

Com esses documentos é possível dar entrada no requerimento de auxílio-doença tanto pelo aplicativo quando pelo site.

Onde pedir o auxílio-doença?

O segurado pode pedir o auxílio-doença por três meios: internet, aplicativo, telefone e através de advogado.

Internet e aplicativo

Para pedir o auxílio-doença pela internet ou pelo aplicativo, o segurado deve acessar o site meu.inss.gov.br ou baixar o aplicativo MEU INSS na sua loja de aplicativos.

Passo a passo

Abaixo o passo a passo para pedir o auxílio-doença pelo MEU INSS:

  1. acesse o site ou aplicativo do INSS;
  2. na parte de baixo do site clique no campo “Pedir benefício por incapacidade”;
  3. Insira os dados iniciais: nome completo, cpf e data de nascimento e cique em continuar;
  4. Abrirá uma página com 5 opções. Escolha a primeira opção “benefício por incapacidade temporária (auxílio-doença);
  5. Após isso, informe seu CPF e sua senha do MEU INSS. Caso não tenha cadastro ou não lembre a senha, informe o seu CPF e clique em continuar.
  6. Em seguida, se não tiver cadastro o site abrirá um página específica para cadastr e caso já tenha cadastro mas não lembre a senha, clique em “esqueci minha senha” e use o seu telefone, e-mail ou formulário próprio para redefinir a senha do aplicativo
  7. Após esse paso,será dada uma breve explicação do que se trata o requerimento. Será analisado apenas 1 laudo médico, que deve conter identificação do requerente, data de emissão, período estimado de repouso, assinatura e carimbo e carimbo do CRM e a CID. Leia tudo e após clique em avançar.
  8. Após, será necessário informar um telefone celular, um email e informar se a doença é decorrente de acidente de trabalho e as demais informações sobre a doença.
  9. Completado tudo isso, é preciso anexar ao requerimento o documento de identidade e o documento médico para análise. É importante tirar fotos nítidas em que seja possível ler todas as informações do laudo médico.
  10. Agora informa o CEP da sua residência.
  11. Finalmente, haverá uma tela para você confirmar as informações inseridas e se tudo estiver certinho, marque a declação de informações e clique em avançar.
Veja também  Auxílio doença 2023: saiba tudo sobre o benefício

Telefone

Para pedir o auxílio-doença pelo telefone ligue para o número 135 e tenha em mãos o seu nome completo, CPF e data de nascimento.

Atualmente a ligação é gratuita apenas se feita a partir de telefone fixo. A ligação feita por celular não é gratuita.

Devido ao alto número de solicitaçõs, o número 135 está frequentemente ocupado. Se for usar este meio, sugerimos que reserve um tempo para ligar mais de uma vez e talvez aguardar um tempo considerável.

Advogado

Igualmente é possível pedir o auxílio-doença através de um advogado, pois o INSS tem convêncio com as OABs e os advogados podem requerer esse benefício.

Para isso é necessário que o cliente preencha uma procuração e termo de representação além de disponibilizar para o advogado todos os laudos que possui.

Essa opção é a mais cômoda para o segurado, porém é certo que o advogado cobrará para fazer o serviço.

Resumo

Em 2023 é possível pedir o auxílio-doença pelo aplicativo, pela internet, pelo telefone 135 ou através de um advogado.

Os documentos necessários para pedir o auxílio-doençaem 2023 são laudos médicos atualizados, carteira de trabalho, rg e cpf. Se você for autônomo ou contribuinte facultativo, é aconselhável que mantenha uma cópia dos comprovantes de pagamento das competências.

Espelo ter ajudado e caso ainda haja alguma dúvida, entre em contato com a nossa equipe de atendimento clicando no botão de WhatsApp ao lado.

Deixe um comentário